escritas com a etiqueta "lamechas".
14:44
quarta-feira
13 mar 2013

sim, sou.


jason mraz - i'm yours

gosto da música (um bocadinho...) mas perde-se um bocado porque o vocalista é um menino bonito com a cara torta, devia ser um preto feio com a voz rachada (teria mais carisma)
 
rui duarte
12:59
sábado
05 jan 2013

calçado


esta imagem lembrou-me qualquer coisa, porque estão ali uns tenis parecidos aos meus e porque tem qualquer coisa de gato das botas.

nota dos pés:
ainda não comprei os sapatos (nem os ténis) mas vou tratar disso em breve.

 
rui duarte
18:33
sábado
17 nov 2012



 
palmira maria
01:56
domingo
11 nov 2012

Joe Dassin - Et Si Tu n'Existais pas


 
rui duarte
03:25
domingo
02 set 2012

dark shadows


comecei agora mesmo a ver o filme mais recente do tim burton e descobri que foi baseado numa série dos anos 60 que já teve direito a recauchutagem no início dos anos 90. não fazia ideia.



já agora, parece que o filme vai ser muito bom, deixo-te a música do início, só para ti:



nota estranha:
enganei-me a escrever um termo de pesquisa e descobri que existiu um tom burton que foi lutador profissional entre 1987 e 1997. morreu em 2010 com 46 anos

e... em relação à branca de neve e o caçador, já vi e corresponde mesmo ao que tenho ouvido dizer, que a kristen stewart é um real erro de casting mas... não conseguiu estragar este filme!



mantiveram os anões e a maldade da rainha mas o conto foi completamente alterado, tem pormenores inesperados, está bem feito (eu gostei) e a branca de neve é uma trinca espinhas que não sabe o que é uma expressão facial.

acho que nunca me tinha acontecido desejar que o mau (neste caso a rainha má) ganhasse a luta final do filme (quando veres o filme vais perceber, acredita em mim)

 
rui duarte
20:17
sábado
01 set 2012

beatles - real love


esta é uma daquelas músicas "feita depois de morto". se não me engano foi composta pelo john lennon mas nunca passou de maquete e, por alturas de um aniversário relacionado com os beatles, os restantes membros gravaram a música em torno da voz do senhor lennon.

 
rui duarte
04:10
terça-feira
21 ago 2012



 
rui duarte
23:08
sábado
23 jun 2012



 
rui duarte
23:05
sábado
23 jun 2012



 
rui duarte
23:02
sábado
23 jun 2012



 
rui duarte
00:37
quinta-feira
21 jun 2012

quero abraçar-te


encontrei esta pintura de um abraço que achei bonito e serve para ilustrar o título desta escrita, a milésima primeira. tenho saudades.

 
rui duarte
21:48
quarta-feira
23 mai 2012



nota:
é (também) por isto que eu gosto de ti

 
rui duarte
03:06
sexta-feira
18 mai 2012

boa noite com o snoopy


agora fiquei com estes desenhos animados na cabeça, acho que vou sonhar com qualquer coisa parecida.

 
rui duarte
12:31
sexta-feira
27 abr 2012

é já amanhã

a isto chama-se ampulheta e quem a inventou é um génio (ou, simplesmente, teve uma ideia brilhante em alguma altura da sua vida)

 
rui duarte
01:34
quarta-feira
11 abr 2012

não me farto
esta música não é de erasure, soft cell, pet shop boys ou os outros milhares de bandas que deram cartas nos anos oitenta e até já ouvi dizer que é uma música dos the cure... mas não é, trata-se de depeche mode



e eu nunca me vou fartar (de ti)

notas musicais:
- escolhi o vídeo com as letras porque gosto de acompanhar e "percebe-se melhor a música"
- fica bem atenta aos dois minutos e trinta segundos do vídeo

 
rui duarte
10:38
terça-feira
10 abr 2012

um cliché de bom dia


 
rui duarte
12:12
segunda-feira
02 abr 2012

pensamentos de bom dia (com "charlot")
ora, hoje não acordei especialmente bem-disposto (não só mas também porque porque tenho um dia aborrecido pela frente) e lembrei-me de um dos meus heróis, o senhor charles chaplin que nasceu na miséria mas tornou-se um "melhor da sua altura"



(o seu primeiro filme milionário, "uma vida de cão")

deixou algumas pérolas filosofais (de algibeira) que claro que são grandes tangas (porque sem trabalho, empenho e dedicação não se vai a lado nenhum) mas servem de inspiração.

para começar este senhor tinha presente que nada é permanente (nem os problemas!) e afirmava que a melhor maneira de encarar situações (e resolver os tais problemas) era estar sempre alegre.



por experiência sei que se a disposição estiver bem (nem que seja artificialmente, porque tem que ser) é fácil estar motivado e as coisas não parecem tão más. isto faz com que hajam vibrações positivas e, regra geral, o dia corre (bem) melhor.

não levo isto sempre à risca mas aprendi que é uma boa maneira de, pelo menos, não piorar as coisas.

e agora, se me dás licença, vou ter um dia super-aborrecido e usar o melhor e maior sorriso amarelo que conseguir :)

nota sorrida:
sim... aquilo foi um smiley (que eu detesto)

 
rui duarte
 
escritas com a etiqueta "lamechas".
 
1 2 3
 
(página...)
 
etiquetas:
escritas: 2324

rui duarte

palmira maria