escritas com a etiqueta "neuróbica".
12:10
sexta-feira
01 mar 2013



 
rui duarte
17:00
sexta-feira
16 nov 2012

o grilo (e a perna inquieta)
ontem, a propósito do "sleep on it", dei com estatísticas sobre o sono dos americanos: 65% das pessoas no país do tio samuel (e do macdonalds, as gordas e o k-mart) têm problemas a adormecer, 33% ressonam (fora aqueles que não fazem ideia ou não querem admitir que roncam) e 15% tem o "restless leg syndrome" e... eu fiquei intrigado.


o que é isto? será que tem a ver com a minha mania de abanar a perna quando me deito ou estou mais sossegado?... é mesmo isso, e assim descobri que tenho um distúrbio neurológico, crónico, que se transmite de pais para filhos e sem explicação imediata.

claro que estive na wikipédia e descobri que lhe chamam "doença de Willis-Ekbom" mas não é bem uma doença, mais um tique nervoso ou uma compensação (um mecanismo qualquer no cérebro que é activado quando se reunem determinadas circunstâncias) e não se pode directamente fazer uma relação com algum traço de personalidade ou simplesmente dizer que não gosto de estar parado ou algo do género porque pode não ser.

utilizei a imagem do grilo para ilustrar esta escrita por três razões:

os bichos produzem o seu som característico ao roçar uma perna na outra (nunca estão quietos com as perninhas), manifestam-se principalmente durante a noite tal como o "mal da perna irrequieta" (de manhã é muito raro ouvir grilos) e gosto dos grilos (do seu cri-cri) porque dá aquela sensação de sossego e proximidade com a natureza.

nota de infância:
quando era pequeno interrogava-me porque não lhes chamam "crilos" ou porque não fazem "gri" em vez de "cri"

 
rui duarte
04:42
sexta-feira
16 nov 2012

"sleep on it"
a ciência diz que a expressão "vai dormir e depois logo vês" (traduzido à pedrada) quando se tem um problema e não se consegue chegar a uma solução lógica aparente resulta mesmo e que quanto mais complexo é o problema melhor. isto faz muito sentido se pensarmos que o cérebro está bem mais activo durante o sono do que quando estamos despertos.


o efeito tetris também é prova do que é afirmado nesta escrita, os miolos ficam viciados no problema e não conseguem largar (já escrevi sobre o efeito tetris na página em branco, podes fazer uma pesquisa para recordar)

 
rui duarte
02:59
segunda-feira
12 nov 2012

merida


brilhante...

 
rui duarte
14:33
sábado
10 nov 2012

sequência


um dia como o de hoje só volta a acontecer daqui a 100 anos

 
rui duarte
18:56
segunda-feira
01 out 2012

"o ponto negro" (e a página em branco)
"um dia, um professor chegou à sala e disse aos alunos para se prepararem para um teste surpresa.
Todos sentaram-se, e aguardaram assustados o teste. O professor foi entregando, então, a folha do teste com a parte do texto virada para baixo, como era costume.
Depois de todos receberem, pediu que virassem a folha e para surpresa de todos, não havia uma única pergunta ou texto, apenas um ponto negro, no meio da folha.
O professor, analisando a expressão de surpresa que todos faziam, disse o seguinte:
- Agora, vocês vão escrever um texto sobre o que estão a ver.



Todos os alunos, confusos, começaram, então, a difícil e inexplicável tarefa e, terminado o tempo, o professor recolheu as folhas, colocou-se em frente à turma e começou a ler as redacções em voz alta.
Todas, sem excepção, definiram o ponto negro, tentando dar explicações pela sua presença no centro da folha.
Terminada a leitura, a sala em silêncio, o professor então explicou:

- Este teste não conta para nota, apenas serve de lição para todos nós. Ninguém na sala falou sobre a folha em branco. Todos centraram a sua atenção no ponto negro.

Assim acontece nas nossas vidas.
Temos uma folha em branco inteira para observar e aproveitar, mas centramo-nos sempre nos pontos negros. A vida é um presente da natureza dado a cada um de nós, com extremo carinho e cuidado.
Temos motivos para comemorar sempre!
A natureza que se renova, os amigos que estão presentes, o emprego que nos dá o sustento, os milagres que diariamente presenciamos. No entanto, insistimos em olhar apenas para o ponto negro!
O problema de saúde que nos preocupa, a falta de dinheiro, o relacionamento difícil com um familiar, um amigo que nos decepcionou.
Os pontos negros são mínimos em comparação com tudo aquilo que temos diariamente, mas são eles que povoam a nossa mente."

(vi no facebook, achei uma certa piada nesta filosofia barata, e cumpri a árdua tarefa de traduzir de um português que não é de portugal)

 
rui duarte
09:20
sábado
22 set 2012

amiguinhos
ao que parece esta pata (ou gansa, não sei) chamada maria apaixonou-se pelo senhor e ficaram inseparáveis. o bicho não deixa que mais nenhum bicho se aproxime e gostava de ficar sempre com o seu amigo humano (até voa ao lado da mota do senhor ao tentar acompanhá-lo até casa mas nunca conseguiu).

a história tem muita piada:



mas já conheço a continuação desta história e posso dizer que deu um bocado para o torto, o animal começou a ficar cada vez mais com o stress das saudades e teve que passar a cativeiro. agora tem uma jaula interior com um lago só para si e o seu amigo continua a ir visitá-lo todos os dias.

para quem pensava que esta era uma história de amor inter-espécies, a coisa saiu mal porque afinal a maria não é fémea... e assim que se descobriu passou a ser mário (e... não me parece que seja uma história com panelas)

 
rui duarte
15:57
quinta-feira
13 set 2012

"rest in pieces"
foram feitos muitos filmes maus em 2012 mas enquanto não houver outro pior do que este (o que me parece pouco provável) o troféu de pior filme deste ano já tem dono: "the expendables 2" foi o filme que mais me custou ver e eu juro que fiz um esforço para gostar.



detesto a mania de fazer um filme propositadamente mau, "porque é assim que funciona o show business" (as pessoas riem-se e não se sentem enganadas), mas não é preciso descer tão baixo! as piranhas 3D, os tubarões mecânicos e filmes de monstros marados ou de/para adolescentes ganzados são propositadamente muito maus mas nenhum é tão pateta, com piadas tão reles e, o pior de tudo, é tão bem sucedido a encher salas de cinema com manadas de débeis mentais.

que horror... a única coisa útil neste filme foi recordar-me que o dolph lungren é sueco (e não holandês como eu penso sempre)

nota "é preciso ter lata":
aquele minuto e meio em que aparecem o bruce willis e o schwarzenegger não são suficientes para incluir os nomes deles nas publicidades ao filme e... não é novidade que o chuck norris é tão mau actor que devia apanhar porrada com um pau até não se lembrar do nome da mãe dele.

nota inútil:
aquela mania do nuno markl, de fazer pensar que as piadas dele são originais e que ser cromo é muito fixe (e chega a ter qualquer coisa de rebelde) é extremamente irritante. apenas não chamem as pessoas de burras porque às vezes não é verdade.

 
rui duarte
17:34
segunda-feira
27 ago 2012

RTP2
este canal vai fazer-me imensa falta, a mim que não vejo televisão (e estou a falar a sério)


mas ainda não se tem a certeza que o canal vai fechar, até agora parece-me conversa de esplanada que apareceu no jornal e se repetiu ao rebanho no facebook.

mais um atentado à inteligência mas o que vale é que eu cresci sem canais públicos nacionais e, vou repetir, eu não vejo televisão

 
rui duarte
10:30
sábado
25 ago 2012

"generation um..."
mas que raio é isto?... filme estranho, fiquei deprimido apenas de ver o trailer e tem uma pontuação baixíssima no internet movie database (mas ainda só tem 20 votos por isso não quer dizer nada)



um tipo com ar de tonto a desejar parabéns (a si?) e a comer um bolinho sozinho, lembra qualquer coisa do keano reaves.

mas... fiquei com vontade de ver por causa de um padrão: sempre que dou uma oportunidade a uma coisa deste género, uma experiência marada ou brincadeira de mau gosto, não é o tempo melhor passado mas acabo por gostar e fico com a cabeça cheia de ideias.



sei que não gostas do keano reaves mas eu sim, acho que tem jeito para a coisa (mas o jeito é sempre o mesmo... a "coisa" que ele faz é sempre parecida) e tem jeito para filmes estranhos (os "mindfuck movies" que eu gosto)

por qualquer razão que não é difícil imaginar, esta vai para a rubrica "neuróbica"

 
rui duarte
11:17
quarta-feira
22 ago 2012

esta é a adele


mas a gorda tem qualquer coisa diferente, deve ser do cabelo ou da "maquilhage"

(okay, está mais magra... mas achei piada nas mangas da camisa largas e a cintura tão apertadinha que não cabe ali um feijão)

 
rui duarte
15:43
quarta-feira
15 ago 2012

gémeos


estas coisas têm piada e, por isso, vou fazer uma pequena legenda só porque sim (e podes não conhecer algum par de gémeos)

(de cima para baixo) são referências aos filmes ou livros: star wars, matrix (uma das sequelas, provavelmente a terceira), alice no país das maravilhas, as aventuras de tintin, the shining (o livro do stephen king que deu origem ao filme realizado pelo senhor kubrick com a interpretação do jack nicholson) e harry potter (são os irmãos mais velhos do amigo ruivo da personagem central)

nota escrita:
não é bem a propósito mas com esta escrita inicio uma nova rubrica intitulada "neuróbica"

 
rui duarte
 
escritas com a etiqueta "neuróbica".
etiquetas:
escritas: 2324

rui duarte

palmira maria