escritas com a etiqueta "coisas pequeninas".
14:34
sexta-feira
17 ago 2012

a manobra do alemão


o senhor heimlich nasceu em 1920 na américa (portanto não era alemão) e a sua manobra pode dar muito jeito se alguém se engasgar.~
sempre ouvi dizer que resulta, muito ao contrário das pancadas nas costas que ainda fazem pior (está a pessoa a tossir e aparece um esperto a dar com a mão nas costas para "desengasgar"...)

 
rui duarte
04:48
quarta-feira
15 ago 2012

neuróbica
trata-se da ginástica dos neurónios... e isto é a sério.

ler é sem dúvida o melhor exemplo da prática desta actividade (diz até que reforça as ligações entre os neurónios), muito melhor do que jogos de memória, quebra cabeças, palavras cruzadas e coisas assim que não são tão eficazes porque não usam os nossos cinco sentidos.
e o desafio também consiste em contrariar rotinas (ou comportamentos mecânicos) obrigando o cérebro a um esforço adicional porque estas reduzem o esforço intelectual mas têm uma consequência muito má: limitam o nosso cérebro.



além de leitura diária há outros pequenos exercício que se podem por em prática sem muito esforço:

- usar o relógio no pulso contrário ao que é habitual
- escovar os dentes com a outra mão
- andar pela casa de trás para a frente (cuidado com as figuras tristes e nódoas negras)
- vestir-se de olhos fechados
- estimular o paladar comendo coisas diferentes
- ver fotos ou tentar ler de cabeça para baixo
- ver as horas por um espelho
- arranjar percursos novos (mas cuidado com os atalhos)
- trocar o rato do computador para a outra mão
- etc, etc (em suma: "resistir" ao que se faz sem pensar)

gostei mesmo deste artigo, e mais uma coisa que eu faço e não sei porquê... mas faço (eu devo ser mesmo muito esperto, ou não)

nota pensativa:
diz quem estuda os miolos que, apesar de também envelhecer, o cérebro mantém sempre a capacidade extraordinária de crescer, evoluir e mudar o padrão das suas ligações. é o nosso órgão mais fascinante (não digo o mais importante porque é relativo e o que mais existem são provas em contrário)

 
rui duarte
04:28
quarta-feira
15 ago 2012

bebé, o manual de instruções
achei um piadão a uma artista que decidiu fazer de conta que os bebés vêm pelo correio e fez uma exposição de embalagens (não deixar cair porque é frágil)


e eu depois fiquei a pensar... era bom que viesse com manual de instruções! e foi assim que encontrei estas instruções (engraçadas) que não resisti a publicar na íntegra.

pode ser a coisa mais óbvia e não ter assim tanta piada mas é essa a beleza:
























e é com estas coisas que eu estou a ocupar mais uma noite de insónias

 
rui duarte
05:11
domingo
12 ago 2012

chega ao fim


eu não sabia a quantas isto andava mas aparentemente chegou o dia da cerimónia de encerramento destes jogos olímpicos.

nota:
se não me esquecer vou publicar os doodles do google referentes a esta "festa do desporto" (fui deixando passar mas houve bem bonitos e outros até se podiam jogar, tem que se recapitular)

 
rui duarte
06:42
sábado
11 ago 2012

mechelote
há também quem lhe chame "pau da poncha" ou (o vergonhoso) "caralhinho" e eu nunca tive um (tal como os óculos de sol - mas esses eu já não quero)
decidi que quero fazer o meu próprio "mechelote" e já comecei a pesquisar no fabuloso reino da internet. encontrei isto e agrada-me:



nota "fashion":
sei que não tem nada a ver e provavelmente estou a ser mau... mas por acaso não reparaste que o senhor tem uma camisa lacoste, pois não?

nota lacrimejada:
também nunca tive uma foice só para mim...

nota final:
é mesmo verdade que o youtube é um poço sem fundo de recursos, agora sempre que quero aprender alguma coisa vou lá directamente

 
rui duarte
01:39
sexta-feira
10 ago 2012

"tás gorda"
o que me leva a publicar este texto é a convicção que a insegurança feminina é um facto e é uma parvoíce (e também que as pessoas são parvas)


a senhora nesta foto chama-se kate upton e ouvi dizer que é uma modelo profissional que não respeita as medidas convencionadas (deve gostar de comer bolos).
tem estado aberto o debate desde que certo blog conceituado no mundo da moda disse horrores da sua forma física e que não se pode olhar para ela porque o que se quer são meninas magras que se parecem e mexem melhor... mas tenho uma novidade para quem nunca se deu ao trabalho de reflectir sobre isto:

as modelos esqueléticas podem ser mais leves, ficar melhor nas fotos e levam-se debaixo do braço mas os homens em geral não gostam de mulheres com ar de quem passa fome e eu faço ideia do que falo porque pertenço ao género masculino.

"também" tem piada que desde a calinada que alguém se lembrou de tornar importante e mediática (e que, diga-se de passagem, tem alguma lógica no seu contexto) que o debate é unilateral. tudo o que é blog no feminino já mandou a sua posta de pescada porque "gordas é bom" mas ninguém diz o contrário por isso já podem parar! só apetece começar a mandar tudo às couves e até tive a belíssima ideia (que não concretizo) de distribuir uma espécie de crachá que diz: "se ficaste ofendida é porque achas que estás gorda"

e porque é que isto me chateia?... porque se toda a gente cospe-se com isto porque quer fazer parte do rebanho. baptizei este fenómeno de "efeito markl"

aparentemente este senhor que se diz humorista (mas que não respeita um requisito importante na sua profissão: ter piada que é como quem diz algum sentido de humor - sei que não é a mesma coisa mas vai lá bater) tinha uma cadela que já estava velha e esticou o pernil. então o homem foi lamuriar-se para o facebook e recebeu imediatamente 5000 comentários com aqueles "sei o que estás a passar", "os animais são melhores que os humanos" e "sinto muito pelo teu canino", mas houve uma alma (não mais do que uma!) que se lembrou de tirar importância à situação e dizer que é apenas um bicho.... e ficou tudo revoltado a escrever mensagens de ódio, que quem escreve aquilo é o verdadeiro animal que merece morrer e... digo eu que mais uma vez se prova que vivemos num mundo de idiotas.


o nuninho (markl) também aproveitou para escrever a sua mensagem de ódio com o tema "liberdade de expressão e o que se pode e deve ou não fazer com um teclado" que percorreu todos os blogs escritos em português (de portugal) e que prova sem dúvida alguma que este senhor, além de um grande intelecto, tem um grande coração, adora animais e ficou realmente afectado com aquele comentário...

mas falta dizer que esta besta teve alguma projecção à pala da morte do seu bicho e é uma besta porque está farto de gozar com temas delicados que podem ferir sentimentos de pessoas (e quem sabe de cães) e quando o faz não se trata de um anónimo que publicou um comentário infeliz no meio de outros 5000 comentários.

a malta une-se quando tem um inimigo comum, mas eu, por muito que não concorde com o seu ponto de vista, acabo por ficar solidário com quem depois nem tem hipótese de defesa contra o mundo.

nota revoltada:
para chupar um ovo só tem que se fazer um buraquinho numa ponta, depois outro na outra ponta, optar por um deles e chupar com força.

 
rui duarte
16:03
quinta-feira
09 ago 2012

à parte do desporto


retirei isto da internet:

"As medalhas de ouro dos Jogos Olímpicos em Londres são muito mais caras do que as anteriores devido ao aumento do preço do metal precioso.
Segundo o Conselho Mundial do Ouro (World Gold Council), uma medalha em Londres custa $ 706. Em Pequim, o preço do “ouro” atingiu $ 215, em Atenas, em 2004 - $ 155, e em 2000 em Sydney - $ 80.
As medalhas dos XXX Jogos são as maiores e as mais pesadas na história dos Jogos Olímpicos, seu diâmetro é de 85 milímetros, a espessura atinge 7 mm e peso é de 400 gramas. No entanto, no total, a medalha tem somente 6 gramas de ouro, o resto é feito principalmente de prata."

e concluo daqui três coisas:

que uma medalha de ouro é caríssima! cerca de 574 euros por cada medalha a multiplicar pelos 302 pódios fica num dinheirão e não esquecer dos paraolímpicos que têm medalhas mais ranhosas (mais pequenas) mas são muitas mais (quase 500, porque várias categorias de deficiência praticam a mesma modalidade, por exemplo, são feitas corridas separadas para os cegos e para quem tem menos pernas)

tenho aqui um neurónio que me diz que isto está tudo relacionado e lembro-me bem que um anel ou par de brincos era muito mais barato há uns anos (sim, porque eu usava brincos) e acho que a culpa é da especulação das lojas que compram ouro. facto é que isto é bom para quem tem ouro guardado e acho que também para as economias mas espero que o estado português não se lembre de trocar as nossas reservas (uma das maiores do mundo) por vestidos para as mulheres dos políticos.

isto anda de certeza muita gente a meter ao bolso... as medalhas dlo ano 2000 (certamente parecidas) custavam 64 euros, ou seja, menos 500 e tal euros do que estas! e não é por serem mais bonitas, trabalhadas ou porque são mais "preciosas".
eu não consigo perceber a lógica destas coisas... a cena marada é que o preço duplicou em 2004, houve aquele saltinho para 2008 e duplicou novamente neste ano! isto é exponencial e, se for sempre assim, daqui a 4 anos custarão cerca de 1200 euros

(e mais um pormenor: existe um conselho mundial do ouro?... "wgc" assenta mesmo bem numa conspiração)



mais vale começar a fazê-las em pechisbeque
(espera... estou a ter uma ideia, será uma loja com um placard enorme onde se lê "compra-se pechisbeque" mas acho que as pessoas não vão cair nessa tão cedo porque está-lhes entranhado que pechisbeque é chunga, tal como os diamantes de vidro)

já agora, alguns exercícios:
- se cada medalha pesa 400 gramas e tem apenas 6 gramas de ouro, qual a percentagem de prata?
- se custava 64 euros em 2000 e agora custam 574, quanto aumentaram (em percentagem)?

nota olímpica:
são 19 dias de competição, 10500 atletas, 26 desportos e 205 países representados (mas só existem 191 países, como é isto?... até explicava mas não me apetece continuar a escrever, acordei há pouco e tenho fome)

 
rui duarte
03:38
terça-feira
07 ago 2012

máquina de escrever


eu tenho uma mas não sei dela (deve estar no meio das minhas tralhas abandonadas em lisboa)

é mesmo bom escrever naquilo porque as letras ao serem marteladas no papel fazem aquela orquestra característica mas tem que se tomar atenção, não se podem cometer muitos erros senão fica uma foçada

 
rui duarte
22:47
segunda-feira
06 ago 2012

warwick davis (e família)


esta é a família a sério da série documental a fingir (criada pelo ricky gervais) sobre este actor caído em desgraça, "life´s too short"

 
rui duarte
02:11
sábado
04 ago 2012

"atacadores"

acho que as leis do universo têm qualquer coisa contra mim! ando sempre, de rabo para o ar, a atar os cordéis dos sapatos ou ténis e depois não os posso apertar muito ou deixar largo porque fica o pé a a doer ou a roçar nas paredes do sapato.

falando nisso, as senhoras não têm esse trabalho, não é?...

estou farto e fica aqui afirmado que a minha próxima aquisição será calçado que não é preciso atar.

nota pedestre:
fica também assente que a imagem nesta publicação é apenas ilustrativa (mas olha que não me desagrada... o que está mesmo fora de questão é o velcro)

 
rui duarte
16:51
sexta-feira
03 ago 2012

coisas que devíamos saber quando temos 20 anos
demorou um bocado porque estive a traduzir do inglês e a montar as coisas à minha maneira mas pronto, foi mais ou menos isto e gostei porque identifico-me minimamente com estes pontos (apesar de não ser uma pessoa eficiente)



o mundo quer fazer de nós parvos com juros bancários e dietas milagrosas e o que é facto é que se consegue liderar e tirar mais facilmente dinheiro às pessoas que não têm formação. temos que estudar para ser prósperos, independentes e felizes.

não devemos pôr muita fé nas instituições que nos dão educação. não é por seguir alguém que se ganha respeito de quem vale a pena respeitar mas é a liderar e a pôr em prática que se aprende

devemos ler o máximo possível

dar-se com toda a gente, sempre. ser genuíno e aprender a encontrar alguma coisa que gostamos em cada pessoa e depois "falar" para essa coisa.

não ser envergonhado. a vergonha é acreditar que as emoções devem arbitrar decisões quando devia ser ao contrário

se te sentires estranho em relação a alguma coisa, normalmente essa coisa será um ponto de ruptura

relacionar-se com pessoas mais velhas.
as pessoas da nossa idade não nos ajudam e os velhos sabem quase tudo o que ainda vamos aprender, só temos que perguntar.

encontrar pessoas porreiras e não tentar estar na média do grupo mas sim tentar ser melhor do que eles

vais ficar cansado com o tempo e criar uma bolha, tens que fazer as maluquices enquanto és novo

reduz as despesas ao máximo, isto dá uma grande segurança e conforto e depois pode-se fazer loucuras

em vez de arranjar estatuto pelos objectos (que apenas dão empurrões temporários), fá-lo com experiências. uma viagem a paris é melhor que um iphone e isso sim dá um empurrãozinho à felicidade

pensar um passo à frente. por exemplo, em relação a despesas: não deixar acumular contas e, se as finanças melhorarem, antecipar as despesas das semanas seguintes, depois dos meses seguintes, etc.

planear

fazer dieta e ganhar forma enquanto se é novo, aproveita-se enquanto as hormonas estão no sítio certo porque depois vai ser tarde

aprender a cozinhar (de tudo um pouco). será um bom hábito e poupa-se imenso dinheiro.

dormir bem. juntamente com a boa alimentação do ponto anterior ajuda à boa forma física.
"dormir quando se for velho" não é uma boa filosofia. se somos ineficientes a privação de sono vai fazer pior.

fazer listas e ter auxiliares de memória para as coisas que temos que fazer. não confiar apenas no cérebro

faz alguma coisa grande e deixa que cheguem as oportunidades. se não estabeleceres metas algumas coisas podem aparecer mas se fizeres por isso, muitas mais acontecem

demora algum tempo a fazer apenas uma coisa em vez de passeares por várias. depois se quiseres podes mudar. o segredo é a especialização

não tentar reparar alguém, em vez disso procura quem não está avariado

estes eram os conselhos originais (carrega com o rato)

nota aconselhada:
acho que ainda acrescentava, não confiar nem aceitar conselhos de estranhos (falta definir "estranho") e depois há aquela sobre os "conselhos de graça"

 
rui duarte
21:55
quinta-feira
02 ago 2012

tupperware - é mais fácil escrever do que dizer :P
diz que existe desde 1946 e que foi inventado pelo sr. Earl Tupper. Existem mais de 10 000 vendedoras só em Portugal. Já estou a imaginar as donas de casa desesperadas a entrar pela porta a dentro com os sacos cheios de tupperware! medo :/ tenho a dizer que já fui abordada por uma dessas senhoras e confesso que pode ser assustador, não foi fácil fugir dela.



 
palmira maria
16:35
quinta-feira
26 jul 2012

a vida é muito curta


"life´s too short" é o novo programa produzido pela dupla ricky gervais e stephen merchant, os criadores do "office" original.



diz que é muito bom, acerca das dificuldades de um anão nas tarefas normais para toda a gente e participam grandes nomes do cinema e não só (johnny depp, liam neeson, sting, etc)

parece bem, vou ver o primeiro episódio muito em breve

 
rui duarte
23:01
quarta-feira
25 jul 2012

faltaram os ovos

...nas panquecas

 
rui duarte
01:34
quarta-feira
11 jul 2012

falta...


 
rui duarte
01:43
quinta-feira
05 jul 2012

faltam...

as faces opostas de um dado somam sempre sete (do outro lado das seis pintas está uma pinta, o cinco tem o dois e o quatro está do outro lado do três. todos estes pares somam sete)

 
rui duarte
22:55
domingo
01 jul 2012

kama sutra
estas são as 10 posições sexuais eleitas pelas leitoras da cosmopolitan francesa:



achei piada, sei lá porquê...

entretanto nos estados unidos foi feita uma pesquisa relacionada com a sexualidade feminina... através de medições ficou-se a saber que na altura do orgasmo os órgãos sexuais das mulheres dão uma descarga de 250000 micro volts (5 destas conseguem acender uma lâmpada)

isto não é nada novo, antes da livro do frankenstein já se sabia que temos electricidade no corpo, uma das condições necessárias para a vida. apenas achei piada à investigação cuja conclusão foi, em tom de brincadeira, evitar o chão molhado ou então usar sapatos de borracha na altura do sexo

 
rui duarte
 
escritas com a etiqueta "coisas pequeninas".
 
1 2 3 4 ... 10 11 12 13 14 15
 
(página...)
 
etiquetas:
escritas: 2324

rui duarte

palmira maria