escritas com a etiqueta "bom dia (alegria)".
09:52
domingo
18 dez 2011

bom dia


com um papo-seco! (existem bem mais redondinho mas é só para dar a ideia)

 
rui duarte
13:12
sábado
17 dez 2011

banana-phone


quando o dia começou a sério ficou em tons de amarelo banana... mas há-de ser um bom dia.

já que estou a ficar bananas:

as bananas são conhecidas por terem radiação, mas em pequena quantidade, como é óbvio.
só que para alguém correr algum risco, talvez até passar mal (ir desta para melhor?), teria que comer 8 milhões de bananas num curto espaço de tempo e acho que isso ninguém consegue.

por isso: as bananas são nossas amigas

nota alimentar:
eu já comi uma banana hoje e tu, já comeste fruta hoje? (isto soa bastante familiar, não é?... chama-se "o poder da televisão")

 
rui duarte
11:24
sexta-feira
16 dez 2011

saudades


o meu bom dia é assim, com as flores que a minha mãe diz que são saudades

 
rui duarte
08:43
sexta-feira
16 dez 2011

Bom dia sexy!!


é suposto ter piada! um biejo!

 
palmira maria
12:59
quinta-feira
15 dez 2011

Bom dia ruquinha!


ruquinha consegue ser mais extenso que o teu nome e faz lembrar o bébe que tem uma irmã que se chama rosinha, mas assenta-te bem!

 
palmira maria
11:41
quinta-feira
15 dez 2011

mais um dia
ontem devia estar com os níveis de potássio em baixo (ou então a precisar de radiação) para dedicar o dia a "bananas" (mas o que é a loucura?...), hoje as coisas parecem mais normais porque acordei com a vontade incrível de comer um croissant com chocolate, como aqueles das mesas da coca-cola (*referência ao blug)


ora, croissant... frança!

os franceses podem ser enjoados, tomar pouco banho e ter uma obsessão com perfumes, pelos de sovaco, fromage, champagne e a torre eiffel (e para além disso não existe mais nada aos olhos deles) e são uns mariquinhas mas gosto deles e por isso o meu "bom dia" será assim:



um dia igual a tantos outros (e ainda faltam 12)

 
rui duarte
11:01
terça-feira
13 dez 2011

hoje sinto-me...

elementar (meu caro watson)

 
rui duarte
07:07
segunda-feira
12 dez 2011

macarons
estive a investigar esta "piéce" de pastelaria de origem francesa que começou algures num convento.
até ontem eu estava convencido que isto tratava-se de uma modernice altamente artificial mas afinal é feito com farinha de amêndoa e faz parte da tradição francesa.



já estive a investigar a receita que não parece complicada e, nesta primeira abordagem (bastante esclarecedora), deixo um vídeo do youtube:



notas:
- "macaronzinho" dava um bom nome de contacto no telemóvel
- os "makarons" japoneses são feitos com farinha de amendoim, que eu nem sabia que existia porque ao triturar pensei que dava sempre pasta de amendoim
- o oposto de pastelaria fina é pastelaria grossa? (foi um empregado de mesa que um dia disse-me que já não havia pastelaria fina, apenas da grossa e referia-se aos croquetes e essas coisas... será?)
- os melhores cozinheiros são homens e a culpa é das televisões na cozinha (e da hora da novela)
- eu não sei falar francês, é daquelas coisas que eu não teria jeito mesmo que praticasse bastante (e não faço ideia se "piéce de pastelaria" quer dizer alguma coisa, apenas pareceu bem)


faltam 15 dias e cada um parece uma eternidade!

 
rui duarte
15:30
domingo
11 dez 2011

broa de mel


encontrei a música! mas não era bem como eu a recordava... "passear contigo, amar e ser feliz..." assim é o refrão, nada como a marotice que eu imaginei.

esta música traz-me recordações da infância, de quando se ouviam estes super-hits na rádio, as músicas que vão realmente ficar para as próximas gerações (a verdadeira qualidade musical que é intemporal)

nota musical:
eu estou a brincar mas gosto imenso da letra que, apesar de ligeiramente pindérica e lamecha é bastante bonita

 
rui duarte
12:34
sábado
10 dez 2011

bom dia! e assim vai o o mundo
em 1948, num dia como hoje, foi adoptada a declaração universal dos direitos humanos e diz que, a propósito disso, os humanos celebram os seus direitos mas também consta que, em 1998, foi instituído o dia internacional dos direitos dos animais pela o.n.g. inglesa uncaged e eu prefiro esta segunda brincadeira neste dia igual a todos os outros.



(gosto desta mensagem)

ontem estive a pensar que uma bela maneira de reverter a actual crise mundial seria retirar todo o dinheiro que se tem nos bancos, uma bela maneira de reclamar o poder que os bancos exercem sobre os representantes do povo (que representam "interesses", não o povo)


(nada a ver com socialismo, o john lennon fez uma música assim)

explicação:
podem chamar-me anarquista mas penso que o "auto-proclamado povo" devia ter voto na matéria para além da eleição e designação de quem decide por todos. e se quisermos levar isto ao extremo acho que se devia agarrar em todo o capital que os bancos estão a guardar "para nós" e distribuir por toda a gente (e, assim que fossemos todos menos pobres, juntavam-se todos os comunistas - e quem mais estivesse a esfregar as mãos de contentamento - num país africano qualquer para se matarem uns aos outros de acordo com os seus ideais)

aí sim, o mundo seria ligeiramente mais perfeito mas ainda faltava instituir o dia dos deveres humanos... toda a gente chora a crise e reclama mas ninguém faz nada, infelizmente também não sou "alguém"

hoje deu-me para isto ("anarquista" e com pouca noção da realidade, eu sei)

 
rui duarte
17:59
quinta-feira
08 dez 2011

bom dia tardio e em tons de azul
(em primeiro lugar, apetece-me comer cerejas e isto não é "azul")



muito bem, vamos falar sobre mim:
tenho descurado as horas de sono nas noites passadas e esta foi a vingança... foi o tempo de acordar, "almoçar", fazer uma caminhada forçada, tomar café, tomar um comprimido para a dor de cabeça e começar a trabalhar. o meu dia foi assim até este momento em que estou a escrever.
(hoje não houve notícias dos hackers norte-coreanos que tentam invadir o computador do meu pai para lhe roubar os fados e deixam vírus como recordação... sempre que isto não acontece o dia tem potencial para ser bom)

calças de ganga:


ontem dei a peta que o azul das calças de ganga vem da pedra pomes mas estava redondamente enganado, a pedra pomes é uma coisa mais ou menos recente e não é usada para colorir, apenas para amaciar (houve alguém que se lembrou de meter pedras-pomes nas máquinas de lavar e assim as calças chegavam ao freguês com um aspecto menos novo e prontas a usar).

foram os garimpeiros, pioneiros das calças de ganga, que acharam que faziam boa figura ao tingir as calças com corante azul (chamado indigo, que dantes era feito com extracto de plantas mas passou a ser feito com petróleo) porque era a cor que, quando desvanecida, não dava às calças um aspecto de trapo velho. estes senhores passavam a semana a sujar as calças e bastava entrar pelo rio a dentro com as calças vestidas e esfregá-las com pedras para ficarem "como novas".

trabalhavam com as mesmas calças com que iam dançar ao fim de semana, e foi isto que deu projecção a esta inovadora peça de roupa: era multi-usos e "descontraída" e durava imenso tempo.

voltando às cerejas, estou desesperadamente à procura de uns pequenos chupa-chupas com sabor a cereja e pauzinho verde que me lembro dos tempos de infância.
há-de haver em alguma loja de doces ou mercearia... e ofereço recompensa.

nota:
hoje estou particularmente apaixonado (aliás, como em todos os outros dias, iguais ou parecidos a este)

 
rui duarte
09:29
quarta-feira
07 dez 2011

insónias (têm andado longe)

felizmente tenho dormido bem nas últimas noites mas, a propósito do tema sono (ou preguiça de levantar), encontrei esta imagem muito bem desenhada que retrata a insónia. muito engraçado.

 
rui duarte
09:22
quarta-feira
07 dez 2011


sei que é mau estar a antecipar algo que será muito chato (e tem que ser) mas acordei com uma dose extra de motivação e algo me diz que há boas possibilidades de ser um bom dia.

 
rui duarte
09:17
quarta-feira
07 dez 2011

vontade de sair da cama

é muito pequena!

 
rui duarte
08:30
quarta-feira
07 dez 2011

bom dia! (só faltam 20)


que o dia passe rápido porque será prova que correu bem e será menos um "que falta"

 
rui duarte às 00:14 de 07 dez 2011 (quarta-feira)
15:01
terça-feira
06 dez 2011

bom dia...


já passou algum tempo desde o despertar mas ainda não tinha tido tempo para escrever alguma coisa aqui, na página em branco.

serve a presente escrita para desejar uma continuação de um dia agradável (assim que der, volto cá)

 
rui duarte
09:27
terça-feira
06 dez 2011

Bom dia, meu amor!


toca a levantar o rabinho, tirara as remelas dos olhinhos e pôr um sorriso lindo nos lábios. sabes porquê?..porque eu amo-te!!

 
palmira maria
 
escritas com a etiqueta "bom dia (alegria)".
 
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10
 
(página...)
 
etiquetas:
escritas: 2324

rui duarte

palmira maria