escritas com a etiqueta "hoje sinto-me...".
22:18
quinta-feira
26 jan 2012

a surpresa que já não era surpresa...
lembrei-me de fotografar as portas da zona velha que tenham sido pintadas depois de teres estado aqui... não foram assim tantas as novidades (algumas tenho a suspeita que já deves ter visto mas publiquei só para o caso)

espero que gostes, isto tem mais piada ao vivo mas lá terá que ser assim:









(a anterior é a porta de um bar com aspecto gay)









(a próxima tem duas metades e deve ser bonita quando está "completa", com as portas fechadas)







e, para finalizar, uma parede que está muito bem feita:



deixei três portas que merecem algum destaque para a próxima escrita (vem já a seguir!)

foi muito bom ter estado a passear naquela zona onde já não passava há algum tempo, especialmente muito bom porque me lembra de ti.

 
rui duarte
11:54
quinta-feira
26 jan 2012

surpresa...

estou a planear uma surpresa que vai aparecer nesta página em branco ainda hoje, espero conseguir pôr em prática esta tarde, senão ficará para amanhã (mas vou aplicar-me)

 
rui duarte
13:51
quarta-feira
25 jan 2012

fresco (está frio!)

(e com vontade de tomar umas laranjadas)

 
rui duarte
09:31
quarta-feira
25 jan 2012

os quatro elementos


são eles: fogo, água, ar e terra

(seria bom conseguir controlar os elementos, não era? nem que fosse só um deles...)

 
rui duarte
20:09
terça-feira
24 jan 2012



 
rui duarte
14:09
segunda-feira
23 jan 2012



 
rui duarte
13:57
sábado
21 jan 2012



 
rui duarte
20:47
quinta-feira
19 jan 2012

hoje...


...o meu dia foi mais ou menos assim

 
rui duarte
11:25
quarta-feira
18 jan 2012

acho que está na hora...

...do super-homem!

 
rui duarte
00:41
quarta-feira
18 jan 2012

a lenda de zelda


um dos meus jogos preferidos.

 
rui duarte
11:16
quarta-feira
11 jan 2012

hoje apetece-me...

...passar um dia inteiro (só) contigo

 
rui duarte
16:03
sábado
07 jan 2012

miguel gonçalves
é um bocado caga-de-saco mas simpatizo imenso com o discurso dele, principalmente porque motiva os macacos-humanos ao abandono do lamento e à afirmação: "sinto-me potente!"


escusadas eram as expressões em latim mas de resto impressiona e até faz ter orgulho do nosso país e uma certa vontade de "mudar" (fazer alguma coisa e tal)

 
rui duarte
08:37
terça-feira
27 dez 2011

um bom dia diferente (com pauzinhos chineses)
esta é uma daquelas coisas que não sei porque me lembrei mas tenho ideia de ter sonhado que estava a comer no chinês, num daqueles de buffet, e insisti em usar os pauzinhos.



(não faço ideia o que está escrito com as letras extraterrestres - espero que não seja um insulto - mas a imagem tem bom aspecto)

já ninguém se lembra bem mas a invenção destes pauzinhos deve remontar a 1500 anos antes do menino jesus e diz que o seu uso foi difundido por um grande amigo, o senhor confúcio.



esta é uma das fotos mais recentes do amarelo (mas espera lá que eu também não percebi... os pauzinhos ficaram 1000 anos no armário?)

o "filósofo" com as suas teorias andou a popularizar esta forma de levar a comida à boca com o argumento que as facas ou outros objectos afiados eram associados a agressão ou violência e não deviam ter lugar à mesa mas... há uma razão muito mais prática! começou-se a partir a comida em bocadinhos pequenos (quanto baste) para a comida cozinhar mais depressa e tornar-se mais cómodo levar à boca e mastigar, o que facilitou também a moda dos pauzinhos chineses.

por curiosidade:
- no planeta usar pauzinhos é a segunda forma mais comum de comer, a primeira é comer com as mãos.
- no japão consideram maus modos à mesa espetar comida com o pauzinho, passar comida de pauzinhos para pauzinhos, arrastar o prato com os paus ou pingar molho na toalha
- não existem más maneiras na china

esta é a minha mensagem de bom dia, escrita "na pedra" por confúcio:

"o maior prazer da pessoa inteligente é passar por idiota diante do idiota que quer passar por inteligente"

(eu gosto tanto deste velho chinês e concordo imenso com ele)

 
rui duarte
21:50
domingo
25 dez 2011

deixas-me assim :P
 
palmira maria
08:48
sexta-feira
23 dez 2011

o sol está quase a aparecer!
(o sol já deve ter aparecido mas quando eu comecei a escrever isto ainda estava de noite)

no inverno temos montes de desvantagens, os dias são mais curtos e apetece dormir mais porque está frio que causa moleza quando se está na cama...
é a sensação de já não se ter sono e mesmo assim não apetecer levantar mas lá tem que ser, não é? (é a injustiça da existência!) e logo hoje que tenho um dia começado por umas compras ligeiras, depois vou puxar pelo pouco intelecto que consigo dar uso e depois dedicar a noite aos amigos, alguns que não vejo há algum tempo (e é sempre bom rever alguém quando não se está farto dessa pessoa), no meio da confusão!!!
eu estou a reclamar mas gosto (quanto baste) desta confusão específica porque é a noite na cidade do funchal (para quem não sabe, o funchal é a capital do arquipélago da madeira) em que toda a gente vai ao mesmo sítio tomar um copo ou comprar tangerinas ou fazer o que lhe apetecer e todas as gerações de todas as classes sociais estão lá.

os primatas são estúpidos e não admira que tenhamos ficado em terceiro lugar na escala de inteligência planetária terrestre (em segundo lugar ficaram os golfinhos e em primeiro não posso dizer)

mas não se pode dizer que somos melhores que os outros porque tenho a impressão que toda a gente pensa isso, apenas é de nós próprios que temos que gostar e não dar importância a quem não gosta de nós... ainda há dias estava a ler em "shit my dad says" (uma conta do twitter, livro e ex-série-de-televisão) que não nos devemos focar em quem não gosta de nós, é demasiado óbvio que quando se faz um piquenique não se estende a toalha ao pé do único có-có de cão no jardim (ou então ao pé de um ninho de formigas)

o velho tem muita piada (mesmo!), enquanto estive a confirmar a opinião do senhor sobre os inimigos encontrei um pequeno texto que achei engraçadíssimo e não resisto a partilhar. é sobre a estupidificação pela internet:

- " What I´m trying to say is, don´t it trouble you that there´s a whole generation of people growing up that just say whatever the fuck they want, without any consequences?"
- "I don´t know, that´s just the internet," I said.
- "Don´t you get what that means, though?"
- "Not really," I replied.
- "You´re a bright kid but you sure like to wear an asshole´s costume every once in a while. It means that the future leaders of your country, I say your ´cause I´ll have long decomposed, are gonna be people that have absolutely no experience with actual confrontation. Thirty years from now the President of the most powerful country in the world is going to be some little shit who sat at his computer and hurled insults three feet away from his mommy´s tit like it was no big deal. I don´t condone fighting, but when a human being understands that his or her actions might result in a giant fist up his or her ass, he or she learns a thing or two about acting before they speak. All I´m saying is, I´m glad I´m going to be dead. Also, happy birthday. That´s why I called."

enfim, são palavras sábias e sabem tão bem. mas vou terminar:

gosto sempre de começar com uma imagem para ilustrar mais ou menos o que se pode ler à frente (uma espécie de "isto é o que te espera se continuares a ler") mas desta vez é ao contrário, a imagem vem no final:



(eu gosto deste vestido de noiva mas por cá, neste cantinho do planeta, era capaz de dar um bocadinho nas vistas)

 
rui duarte
22:56
quinta-feira
22 dez 2011

boa ou má?
estou-me bem a marimbar!


 
palmira maria
20:48
quarta-feira
21 dez 2011

ballet

sei que já saiu nas coisas que voam e não quero repetir, apesar disso apetece-me este assunto.

sei que todos os passos são treinados, todos os gestos são planeados e os movimentos muito bem pensados (senão os ossinhos dos dedos dos pés estalavam, só para dar um exemplo) mas aquilo parece tão espontâneo e original... tão leve, gracioso e despreocupado que me apetece tentar (mas não me parece porque eu e as calças de lycra... a gente não se dá bem... custa-me saber que tenho as vergonhas pronunciadas e vestuário pelo cú adentro)

nota bailada:
por alguma razão estou a imaginar um bailado no espaço mas, para ser realidade, a "nossa" querida nasa teria que arquitectar um "space suit" de verão (com direito a tu-tu)

nota sentida:
hoje precisei tanto da tua voz (ia dizer da tua companhia mas não quis abusar)

 
rui duarte
 
escritas com a etiqueta "hoje sinto-me...".
 
1 2 3 4 ... 11 12 13 14 15 16
 
(página...)
 
etiquetas:
escritas: 2324

rui duarte

palmira maria