escritas com a etiqueta "inspirações".
23:48
domingo
15 abr 2012

publicidade
é assim que se leva as pessoas a gostar de uma coisa, têm que se identificar de alguma maneira com aquilo...

os senhores da coca cola são muito espertos e desta vez resolveram jogar apenas com um pormenor muito básico que, se se pensar um pouco nisso é um fenómeno interessante, uma espécie de "efeito cocktail" mas nem tanto... porque se há palavra que as pessoas "gostam" (inconscientemente) é do seu nome:



nota publicitária:
não é bem um anúncio mas acho que se arranja um espacinho na etiqueta "intervalo"

 
rui duarte
22:57
sábado
14 abr 2012

orgulho madeirense


eu não sou, mas também tenho orgulho :)

 
palmira maria
01:25
quinta-feira
12 abr 2012

portugal dos pequeninos


este é um sketch do bruno nogueira naquele programa que durou pouco tempo, o plano b. foi com um amiguinho aos 70 anos do portugal dos pequeninos (está genial, eu fartei-me de rir)

 
rui duarte
01:22
quinta-feira
12 abr 2012

fotografias de anões
é uma ideia para um tema fotográfico e passo a explicar:



sempre que pesquiso por imagens com anões (sim... eu faço isso de vez em quando) nunca encontro estas pessoas pequeninas no meio de outras pessoas ou a fazer a sua vidinha normal.

imagino "como será" um anão a comprar roupa, na fila para comprar pão, a dançar num bar, a fazer um levantamento no multibanco, a espreitar a montra de uma loja ou simplesmente a passear entre "os normais".

a mim parece uma coisa minimamente interessante, cenários vulgares mas sempre com aquele "pequeno pormenor" que não se vê todos os dias (e não é forçosamente o centro das atenções mas sim aquilo que faz a diferença)

advertência:
pode ser considerado um tema de mau gosto porque "os anões também são pessoas e têm sentimentos"

nota:
a imagem que acompanha esta publicação é só para ilustrar e posso confirmar que trata-se do actor de game of thrones

 
rui duarte
16:11
quarta-feira
11 abr 2012

29 maneiras de permanecer criativo


a conversa da treta de sempre... apenas conselhos velhos que valem a pena seguir

 
rui duarte
01:26
quarta-feira
11 abr 2012

"a papa louca"
foi um emigrante português na inglaterra que trouxe esta ideia quando voltou. inspirou-se no famoso "fish and chips" que também pode ser vendido em cones de papel (mas é mais comum serem servidos em tabuleirinhos de papel)



a ideia foi muito simples:
fritam-se batatas, deita-se sal, serve-se num cone de papel e depois o freguês aperta com o ketchup e a maionese por cima (havia gente que abusava dos molhos)

era bastante novo quando "a papa louca", um espaço minúsculo à entrada de um pequeno centro comercial, foi inaugurada no centro do funchal e o petisco tornou-se instantaneamente numa grande moda! havia montes de gente a fazer fila para comprar a "papa-louca" mas não interessa porque era "pagar, agarrar e andar" e ia-se comendo as batatinhas com um palito ou um garfo pequeno em plástico pelo caminho.

o triste é que não tardou muito para se poder comprar o "cone de batatas fritas" em todos os bares, restaurantes, esplanadas e até nos arraiais se fosse preciso.

nota pavloviana:
há aqui alguma coisa a bater mal porque desde que comecei a escrever isto que estou a salivar e não consigo parar de pensar em... hambúrgueres!



porque é que será?... as minhas vontades estão bastante condicionadas e acho que a culpa é do senhor mcdonalds e dos amigos dele.

 
rui duarte
01:01
quarta-feira
11 abr 2012

"lentilhada"
é uma invenção minha, é tal e qual feijoada mas não leva feijão e, em vez disso... lentilhas!



(a imagem é apenas ilustrativa, neste caso temos salada de lentilhas)

eu adoro o sabor das lentilhas, é qualquer coisa entre ervilha e feijão mas não tem nada a ver (e melhor do que isto não sei explicar...)

as únicas lentilhas que eu alguma vez comi são as castanhas (e agora estou na dúvida mas acho que também comi das verdes que depois de cosidas também são castanhas) mas existem em outras cores: vermelho, amarelo, preto, verde e tenho pena que não há em azul.



são uma excelente fonte de proteínas, fibras, ferro, potássio e etc. (e espero que tu gostes)

 
rui duarte
23:17
terça-feira
10 abr 2012

ainda o andy warhol



não fazia ideia da variedade de sopas (isto é arte?...)

 
rui duarte
23:08
terça-feira
10 abr 2012

banana (com surpresa)




"the velvet underground and nico" (um dos álbuns preferidos de sempre... de 1966)

 
rui duarte
23:32
segunda-feira
09 abr 2012

se calhar também não gostava de leite!


 
palmira maria
11:17
segunda-feira
09 abr 2012



 
rui duarte
11:10
segunda-feira
09 abr 2012



(nesta caneca bebe-se, entre outros líquidos, LEITE)

 
rui duarte
14:44
sábado
07 abr 2012

leitinho?...


a música é "coffee and tv" dos meus preferidos dos noventas, blur.

 
rui duarte
14:09
segunda-feira
02 abr 2012

tarte de amêndoa


gosto bastante de tartes de amêndoa e este é o novo programa da sic notícias

 
rui duarte
12:12
segunda-feira
02 abr 2012

pensamentos de bom dia (com "charlot")
ora, hoje não acordei especialmente bem-disposto (não só mas também porque porque tenho um dia aborrecido pela frente) e lembrei-me de um dos meus heróis, o senhor charles chaplin que nasceu na miséria mas tornou-se um "melhor da sua altura"



(o seu primeiro filme milionário, "uma vida de cão")

deixou algumas pérolas filosofais (de algibeira) que claro que são grandes tangas (porque sem trabalho, empenho e dedicação não se vai a lado nenhum) mas servem de inspiração.

para começar este senhor tinha presente que nada é permanente (nem os problemas!) e afirmava que a melhor maneira de encarar situações (e resolver os tais problemas) era estar sempre alegre.



por experiência sei que se a disposição estiver bem (nem que seja artificialmente, porque tem que ser) é fácil estar motivado e as coisas não parecem tão más. isto faz com que hajam vibrações positivas e, regra geral, o dia corre (bem) melhor.

não levo isto sempre à risca mas aprendi que é uma boa maneira de, pelo menos, não piorar as coisas.

e agora, se me dás licença, vou ter um dia super-aborrecido e usar o melhor e maior sorriso amarelo que conseguir :)

nota sorrida:
sim... aquilo foi um smiley (que eu detesto)

 
rui duarte
13:48
domingo
01 abr 2012

"casino royale" (1967)
eu achei bastante engraçado mas não me lembro bem porque passaram-se muitos anos. deixo o trailer como prova que (até) o woody allen já foi o james bond:



este é um filme inspirado nos livros escritos por ian flemming sobre o agente secreto mais famoso do mundo (só por si uma contradição), mas como não foi aprovado por quem fez os outros filmes todos tornou-se o "filme não oficial do james bond".

nota:
pelos vistos qualquer um pode ser o james bond

 
rui duarte
14:25
sábado
31 mar 2012

flocos de neve

só para não ficarem dúvidas, este é o meu doce preferido ou então "pingos de neve" que são iguais

(mas nada é tão bom quando o meu docinho, o pacotinho de açúcar)

 
rui duarte
 
escritas com a etiqueta "inspirações".
 
1 2 3 4 5 6 7 8
 
(página...)
 
etiquetas:
escritas: 2324

rui duarte

palmira maria