escritas com a etiqueta "bom dia (alegria)".
12:38
domingo
15 jan 2012

bom dia, amorzinho


desde que comecei a gostar acho as letras das músicas de queen um bocado lamechas mas têm a capacidade de transmitir muito bem a mensagem (por alguma razão foram uma banda com tanto sucesso, não foi?)

"i was born to love you" é um "bom dia" um pouco óbvio que apareceu como reacção ao teu mas, por qualquer razão, foi a primeira música que me ocorreu e parece perfeita.

nota telefónica:
"amorzinho" seria um bom nome para o telemóvel, não seria?

 
rui duarte
11:31
domingo
15 jan 2012

eu amo-te, bom dia!


 
palmira maria
10:37
quinta-feira
12 jan 2012

bom dia!!
Amo-te muito :)


 
palmira maria
07:39
quarta-feira
11 jan 2012



 
rui duarte
10:22
terça-feira
10 jan 2012

forças de atracção
esta é uma lei de newton muito famosa, a chamada lei da gravitação universal (lei da gravidade)


onde:

F = força gravitacional entre dois objectos
m1 = massa do primeiro objecto
m2 = massa do segundo objecto
r = distância entre os centros de massa dos objectos

e G é a constante universal da gravitação, um valor fixo:


esta lei aplica-se apenas a objectos semelhantes a pontos, se os objectos possuírem extensão espacial, a verdadeira força terá de ser encontrada pela integração das forças entre os vários pontos. por outro lado, pode provar-se que para um objecto com uma distribuição de massa esfericamente simétrica, a integral resulta na mesma atracção gravitacional que teria se fosse uma massa pontual (um ponto)

nota grave:
a força de atracção entre dois objectos é chamada de peso (todos os corpos têm massa mas o seu peso depende da gravidade, é por isso que somos mais leves na lua)

 
rui duarte
10:37
domingo
08 jan 2012

mais um (bom) dia


 
rui duarte
08:37
terça-feira
27 dez 2011

um bom dia diferente (com pauzinhos chineses)
esta é uma daquelas coisas que não sei porque me lembrei mas tenho ideia de ter sonhado que estava a comer no chinês, num daqueles de buffet, e insisti em usar os pauzinhos.



(não faço ideia o que está escrito com as letras extraterrestres - espero que não seja um insulto - mas a imagem tem bom aspecto)

já ninguém se lembra bem mas a invenção destes pauzinhos deve remontar a 1500 anos antes do menino jesus e diz que o seu uso foi difundido por um grande amigo, o senhor confúcio.



esta é uma das fotos mais recentes do amarelo (mas espera lá que eu também não percebi... os pauzinhos ficaram 1000 anos no armário?)

o "filósofo" com as suas teorias andou a popularizar esta forma de levar a comida à boca com o argumento que as facas ou outros objectos afiados eram associados a agressão ou violência e não deviam ter lugar à mesa mas... há uma razão muito mais prática! começou-se a partir a comida em bocadinhos pequenos (quanto baste) para a comida cozinhar mais depressa e tornar-se mais cómodo levar à boca e mastigar, o que facilitou também a moda dos pauzinhos chineses.

por curiosidade:
- no planeta usar pauzinhos é a segunda forma mais comum de comer, a primeira é comer com as mãos.
- no japão consideram maus modos à mesa espetar comida com o pauzinho, passar comida de pauzinhos para pauzinhos, arrastar o prato com os paus ou pingar molho na toalha
- não existem más maneiras na china

esta é a minha mensagem de bom dia, escrita "na pedra" por confúcio:

"o maior prazer da pessoa inteligente é passar por idiota diante do idiota que quer passar por inteligente"

(eu gosto tanto deste velho chinês e concordo imenso com ele)

 
rui duarte
09:19
segunda-feira
26 dez 2011

viagens
a propósito do melhor álbum português da década de noventa (ou de todos os tempos?), "pedro abrunhosa e os bandemónio - viagens"...


venho informar que desta vez não estou nervoso nem "pensativo" devido à viagem aérea de amanhã (pois é... é já amanhã!)

 
rui duarte
09:27
domingo
25 dez 2011

bom natal e bom ano novo chinês
ontem quase não olhei para o computador e soube tão bem essa parte (a parte má é que estive com uma ressaca descomunal e não apeteceu escrever nem sobre a própria ressaca...)

mas isto não seria uma espécie de blog sem uma (ou duas) mensagem de festas felizes por isso, também da minha parte, bom natal e viva o pai (natal)
o google esteve mesmo em grande com uma animação muito engraçada:



o ano novo chinês é um assunto sempre engraçado e não deixa de ser interessante:


o ano dos amarelos maus é "lunar" pois cada duas fases da lua fazem um mês que também são 12 como os nossos, e 12 são também os signos chineses mas que duram um ano inteiro (ou seja, o signo depende do ano de nascimento)

em 2012 o ano novo chinês será comemorado a 23 de janeiro (quando se inicia uma nova fase da lua) e é o ano do dragão (já não acontecia desde 2000 e o próximo será a 2024)

nota futura:
se os maias não derem cabo dos planos aos chineses, depois do dragão será a vez da cobra

 
rui duarte
10:24
sexta-feira
23 dez 2011

"linda e maravilhosa"

são duas palavras que eu gosto imenso.

 
rui duarte
09:34
sexta-feira
23 dez 2011



 
palmira maria
08:48
sexta-feira
23 dez 2011

o sol está quase a aparecer!
(o sol já deve ter aparecido mas quando eu comecei a escrever isto ainda estava de noite)

no inverno temos montes de desvantagens, os dias são mais curtos e apetece dormir mais porque está frio que causa moleza quando se está na cama...
é a sensação de já não se ter sono e mesmo assim não apetecer levantar mas lá tem que ser, não é? (é a injustiça da existência!) e logo hoje que tenho um dia começado por umas compras ligeiras, depois vou puxar pelo pouco intelecto que consigo dar uso e depois dedicar a noite aos amigos, alguns que não vejo há algum tempo (e é sempre bom rever alguém quando não se está farto dessa pessoa), no meio da confusão!!!
eu estou a reclamar mas gosto (quanto baste) desta confusão específica porque é a noite na cidade do funchal (para quem não sabe, o funchal é a capital do arquipélago da madeira) em que toda a gente vai ao mesmo sítio tomar um copo ou comprar tangerinas ou fazer o que lhe apetecer e todas as gerações de todas as classes sociais estão lá.

os primatas são estúpidos e não admira que tenhamos ficado em terceiro lugar na escala de inteligência planetária terrestre (em segundo lugar ficaram os golfinhos e em primeiro não posso dizer)

mas não se pode dizer que somos melhores que os outros porque tenho a impressão que toda a gente pensa isso, apenas é de nós próprios que temos que gostar e não dar importância a quem não gosta de nós... ainda há dias estava a ler em "shit my dad says" (uma conta do twitter, livro e ex-série-de-televisão) que não nos devemos focar em quem não gosta de nós, é demasiado óbvio que quando se faz um piquenique não se estende a toalha ao pé do único có-có de cão no jardim (ou então ao pé de um ninho de formigas)

o velho tem muita piada (mesmo!), enquanto estive a confirmar a opinião do senhor sobre os inimigos encontrei um pequeno texto que achei engraçadíssimo e não resisto a partilhar. é sobre a estupidificação pela internet:

- " What I´m trying to say is, don´t it trouble you that there´s a whole generation of people growing up that just say whatever the fuck they want, without any consequences?"
- "I don´t know, that´s just the internet," I said.
- "Don´t you get what that means, though?"
- "Not really," I replied.
- "You´re a bright kid but you sure like to wear an asshole´s costume every once in a while. It means that the future leaders of your country, I say your ´cause I´ll have long decomposed, are gonna be people that have absolutely no experience with actual confrontation. Thirty years from now the President of the most powerful country in the world is going to be some little shit who sat at his computer and hurled insults three feet away from his mommy´s tit like it was no big deal. I don´t condone fighting, but when a human being understands that his or her actions might result in a giant fist up his or her ass, he or she learns a thing or two about acting before they speak. All I´m saying is, I´m glad I´m going to be dead. Also, happy birthday. That´s why I called."

enfim, são palavras sábias e sabem tão bem. mas vou terminar:

gosto sempre de começar com uma imagem para ilustrar mais ou menos o que se pode ler à frente (uma espécie de "isto é o que te espera se continuares a ler") mas desta vez é ao contrário, a imagem vem no final:



(eu gosto deste vestido de noiva mas por cá, neste cantinho do planeta, era capaz de dar um bocadinho nas vistas)

 
rui duarte
07:25
quarta-feira
21 dez 2011

dominação do mundo


tem que ser feita aos bocadinhos e tem que haver um plano principal (e talvez também um plano alternativo)

 
rui duarte
06:42
quarta-feira
21 dez 2011

mundo da consciência


preciso de um café (muito forte, não interessa se sabe bem ou não), temos mais um dia para enfrentar.

 
rui duarte
13:03
terça-feira
20 dez 2011

página em branco

a inspiração tem andado desaparecida e a boa notícia é que não estou doente, apenas estoirado com o trabalho cerebral em excesso (se é que isso existe) e noites mal dormidas


estou de volta com este bom dia (alegria!) e sinto-me bem (porque faltam apenas 7 dias... estou feliz)

 
rui duarte
09:43
segunda-feira
19 dez 2011

ouvi esta manhã e lembrei-me de ti



 
palmira maria
11:11
domingo
18 dez 2011

hoje sinto-me com sorte!!!


o dia começou de uma maneira muito engraçada, assim que acordei fui ao jardim fazer uma coisa pouco saudável e, sem estar à procura, vi o que desde a meninice ando à procura: um trevo de quatro folhas!!!

(está no meio da foto ranhosa e não é outro trevo por trás, este tem mesmo quatro folhas)

nota vegetal:
agora que sei que a sorte existe e que pode ser minha não sei o que fazer com ela... ainda não apanhei o trevo, sei onde está mas estou a pensar deixar crescer mais um pouco (e se entretanto os ratos comem?...) e depois como vou conservar o trevo sempre comigo sem o estragar?
estou com algumas incertezas, será que é suposto algum dia eu ter alguma sorte?

 
rui duarte
 
escritas com a etiqueta "bom dia (alegria)".
 
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10
 
(página...)
 
etiquetas:
escritas: 2324

rui duarte

palmira maria